sexta-feira, 16 de julho de 2010

Nossa Senhora do Monte Carmelo




De acordo com piedosa tradição, atestada pela Liturgia da Igreja, no dia de Pentecostes, os apóstolos, inspirados pelo Divino Espírito, falavam em diversas línguas e faziam inúmeros milagres, invocando o augusto nome de Jesus. Relata-se que muitos discípulos, devotos dos santos Profetas Elias e Eliseu, abraçaram o Cristianismo. Tinham sido discípulos de São João Batista, que os preparara ao Evangelho, na fé, tendo em vista o advento do Salvador. Ora, a bem-aventurada Virgem Maria, de quem tiveram o privilégio de usufruir os colóquios e a familiaridade, tornou-se, para eles, naqueles afortunados momentos, objeto de um amor tão especial e de veneração tão profunda, que partindo de Jerusalém, chegando ao Monte Carmelo, os primeiros deles erigiram um santuário devotado à Santíssima Virgem, no mesmo lugar onde Elias vira aparecer aquela nuvenzinha anunciadora da fecundidade e, ao mesmo tempo, símbolo da Imaculada Conceição da Mãe de Deus. Adotaram eles o nome de Irmãos da Bem-aventurada Maria do Monte Carmelo e essa foi a primeira igreja erigida em honra da Virgem Puríssima.

Dom Próspero Guéranger
Em 16 de julho, Nossa Senhora do Monte Carmelo

Nenhum comentário: