terça-feira, 21 de agosto de 2012

CONVITE AOS CATEQUISTAS

Pe. Gilberto Kasper* “A Equipe Arquidiocesana da Animação Bíblico-Catequética realiza em 26 de agosto, das 8h30 às 12 h, na Paróquia Santa Maria Goretti, em Ribeirão Preto, a 3ª Concentração Arquidiocesana da Catequese. Com o tema “Eucaristia: sustento da espiritualidade do catequista” a concentração terá a assessoria do Padre Gilberto Kasper. Aguarda-se a presença das caravanas das Paróquias. Forte abraço, Flávio Veloso. Coordenador Arquidiocesano de Catequese de Ribeirão Preto – SP”. No último domingo de agosto – O Mês Vocacional, lembramos a missão dos catequistas e de todas as pessoas que se dedicam à ação evangelizadora em nossas comunidades e no mundo. De Sul a Norte de nosso imenso Brasil são incontáveis os Catequistas que se dedicam a anunciar e fazer conhecido o Plano de Salvação de Deus, por meio de Jesus Cristo. Mulheres, Homens e Jovens dedicados que merecem nosso reconhecimento e nossa mais profunda gratidão. São os Catequistas que dão forma à Igreja de Jesus Cristo, toda ela ministerial, missionária e discípula! A esmerada dedicação dos Catequistas enriquece a nossa ação evangelizadora, pois são eles verdadeiras pérolas que adornam nossas Comunidades de Fé, Oração e Amor! Graças a pessoas como nossos Catequistas, Jesus Cristo é anunciado, conhecido, amado e vivido no mundo! O sexto capítulo do Evangelho de São João trata justamente da Eucaristia, em que Jesus Cristo, anunciado pelos Catequistas, se apresenta como o Pão da Vida. São então estas páginas do Evangelho do Amor, que iluminam o tema proposto para a Terceira Concentração Arquidiocesana do Catequista, prevista para o próximo domingo. São João mostra como a encarnação e a eucaristia andam de mãos dadas, mexem com as pessoas e as levam a um posicionamento: aceitam Jesus e se abraçam com Ele, ou se chocam e escandalizam com Ele e se afastam do seu projeto de vida e liberdade. Diga-se de passagem: Jesus, de fato, frustrou as expectativas e esperanças de muitos. Depois dos milagres, sinais e prodígios, concluem: “Este é o profeta que devia vir ao mundo...” e querem agarrá-lo para fazê-lo rei, mas Jesus foge sozinho para a montanha (cf. Roteiros Homiléticos da CNBB n. 22, pp.106-109). Sintam nossos Catequistas o carinho de nossa gratidão pelo magnífico empenho na evangelização de nossas crianças, jovens e adultos! *pe.kasper@gmail.com

Nenhum comentário: